Whitecliff consegue arrancar elogios até de Paul McCartney com seu EP “The Young Lovers”

Whitecliff consegue arrancar elogios até de Paul McCartney com seu EP “The Young Lovers”

11 de maio de 2016 0 Por João Pedro Ramos

Quando se fala em Liverpool, o nome Beatles sempre virá à tone. Isso não é exceção na história do Whitecliff, quinteto que se conheceu estudando no popular LIPA (The Liverpool Institute for Performing Arts) de Paul McCartney. Com refrões pegajosos e sonoridade indie rock, o grupo acaba de lançar o single “Five Minutes” e está preparando seu primeir álbum para este ano.

Formada por Oliver Nagy (vocal), Tom Taylor (bateria), Jack Kelsey (guitarra), Jonny Ball (guitarra) e Paul Bates (baixo), a banda e seu EP “The Young Lovers” receberam elogios até do próprio Sir McCartney, que encontrou com o quinteto e chegou a cantarolar o refrão de “Say What You Want”. “É uma experiência incrível ouvir ele cantar uma de nossas músicas para nós. O que os Beatles fizeram pela música e pela cidade é incrível e você só pode achar isso inspirador!”, diz Tom.

Conversei com o baterista da banda sobre o novo single, o disco que está por vir e o encontro com o baixista dos Fab Four:

– Como a banda começou?

Nós todos nos conhecemos quando estudávamos em Liverpool. Éramos todos bons amigos então saíamos bastante e começamos a fazer música juntos. Não demorou muito para que começássemos a escrever canções juntos e então fazer shows como Whitecliff.

– Como surgiu o nome Whitecliff?

Ollie estava atrasado para um ensaio um dia e na caminhada para a sala de ensaio ele estava ouvindo Wyclef Jean, então ele chegou e falou, meio como piada, que deveríamos nos chamar Wyclef e nós ouvimos errado, mas o nome grudou desde então e resolvemos nos chamar Whitecliff.

– Quais são suas principais influências?

Nós temos formações musicais completamente diferentes, já que viemos de lugares diferentes. Jonny, por exemplo, vem de uma família de músicos clássicos, enquanto Ollie ouvia bastante soul e eu ouvi muita coisa da Motown, mas todos os cinco amam música indie cheia de guitarras. Na van ouvimos uma porrada de bandas como Catfish and The Bottlemen, Iggy Pop, Circa Waves e The 1975.

– Me falem um pouco mais sobre o single “Five Minutes”?

“Five Minutes” na verdade foi uma das primeiras músicas que escrevemos juntos, ela soava completamente diferente na época. Escrevemos um monte de novas canções no verão passado mas decidimos revisitar “Five Minutes” e transformá-la de balada lenta a faixa feliz e acelerada. Eu fico feliz que tenhamos feito isso, porque agora é nosso novo single e é ótimo já que é praticamente a primeira coisa que fizemos juntos.

Whitecliff

– O EP “The Young Lovers” recebeu muitos elogios de crítica e público. Como foi a concepção deste trabalho?

Foi um EP bem divertido de escrever e gravar. Na verdade escrevemos a maioria dele na sala de Paul. Nós não tínhamos onde ensaiar na época, então costumávamos levar todo o equipamento para a casa dele e tomar conta por alguns dias. Tiramos algumas faixas bem energéticas disso e foi muito divertido fazer. Escrevemos todas as músicas juntos, então é legal poder gastar esse tempo juntos e apenas mandar ver sem distrações.

– Vocês estão trabalhando em material novo? Podemos esperar um disco em breve?

Temos mais alguns singles para lançar antes disso, mas temos várias faixas gravadas, prontas para o álbum. Não sabemos quando vai sair ainda, mas definitivamente está em nosso radar!

– Como vocês descreveriam um show do Whitecliff para quem ainda não viu?

Nós nos divertimos muito tocando ao vivo, então é tudo sobre se divertir com todo mundo que está assistindo. É cheio de energia e tem uma boa atmosfera.

– Vocês são de Liverpool, um lugar que grita “Beatles” toda vez que seu nome é pronunciado. Algumas bandas adoram isso, outras detestam o Fab Four. De que time vocês são nessa guerra Beatle?

Nós na verdade tivemos a sorte de conhecer Sir Paul McCartney no verão passado. Passamos algum tempo com ele e mostramos algumas das músicas. Tocamos “Say What You Want” do EP “Young Lovers” e o retorno que ele nos deu foi ótimo. É uma experiência incrível ouvir ele cantar uma de nossas músicas para nós. O que os Beatles fizeram pela música e pela cidade é incrível e você só pode achar isso inspirador!

Whitecliff

– Quais são os próximos passos da banda?

Vamos fazer muito mais shows, além de escrever novas músicas. Em outubro iremos para a Alemanha para tocar com o The Rifles e temos alguns singles saindo num futuro próximos. Estamos apenas muito animados de estarmos fazendo o que estamos fazendo no momento.

– Recomendem bandas e artistas que chamaram sua atenção nos últimos tempos.

No momento estamos amando bandas como Clean Cut Kid, Native Kings e The Vryll Society.