Franceses do Dot Legacy lançam single em tributo a Jim Morrison como aperitivo de seu novo disco, “To The Others”

Franceses do Dot Legacy lançam single em tributo a Jim Morrison como aperitivo de seu novo disco, “To The Others”

10 de outubro de 2016 0 Por João Pedro Ramos

O quarteto francês Dot Legacy prepara seu segundo álbum de estúdio, “To The Others”, previsto para novembro, com o lançamento do single “Story Of Fame”. A faixa, um tributo a Jim Morrison, recebeu um videoclipe inspirado pela era especial e a evolução da humanidade, cheio de elementos do retrofuturismo.

Formada em 2009 e formada por Damien Quintard (vocal e baixo), Arnaud Merckling (guitarra e teclado), John Defontaine (guitarra) e Arthur Menard (bateria), a banda também homenageia outras bandas que foram referências para o novo disco, como The Beatles e Beastie Boys. O quarteto se define como um grupo de “rock enérgico” e pesquisou inúmeros códigos diferentes, como Morse e coordenadas geográficas, para chegar à capa do single – obra da designer venezuelana Daniela Garcia.

O Dot Legacy já passou por aqui no Festival DoSol (Rio Grande do Norte) em 2015 e segue com uma intensa agenda de shows na Europa nos próximos meses, pretendendo voltar para apresentações no América do Sul, incluindo o Brasil, no próximo ano.

Conversei um pouco com a banda sobre o single, o disco que vem por aí e sua carreira:

– Me conte sobre o começo do Dot Legacy e as diferenças desde a formação da banda até agora, com um segundo álbum para sair do forno.

Nós começamos a tocar juntos quando muito jovens, nos conhecemos no colegial. Passávamos a maior parte do tempo só trocando ideias e percebemos que não havia limites para o que pudéssemos criar. Claro que isso foi um pouco caótico no início e com o passar dos anos adquirimos a habilidade de criar músicas que na verdade fizessem sentido! Foi o momento perfeito para iniciarmos a banda , em meados de 2009. A gente tocava num porão, e isso representa algo muito simples, sem estresse e é assim que nossa banda funciona. Nós continuamos simples assim.

– Qual o significado do nome “Dot Legacy”?

Nós amamos quando as pessoas interpretam o nome da nossa banda a sua própria maneira. Todo mundo tem sua própria experiência de vida, de música. Um poema pode ter diferentes significados dependendo da pessoa que o lê. Então Dot Legacy significa o que você sente em um determinado ponto da vida.

– Como chegaram a uma música tributo ao Jim Morrison?

É nosso modo pessoal de dizer “obrigado!” ao que ele representa para a música. Tudo começou com a ideia de fazer as pessoas dançarem e a linha melódica nos fez pensar no The Doors. Damien, nosso vocalista, decidiu então “linkar” esse conceito diretamente ao Jim e “voila”!

 

– Vocês se consideram uma banda independente?

Nós somos independentes porque fazemos tudo sozinhos, da composição às gravações e até mesmo as turnês que fazemos. Mas não poderíamos fazer tudo isso sem o amor e suporte dos nossos fãs e amigos. Nós dependemos deles!

– Quais são os próximos passos da banda?

Nosso próximo passo é continuar fazendo shows, em especial nossa turnê com Truckfighters. Depois disso, é muito simples: dominar o mundo.