“Allegro Non Troppo” (1977) – Uma viagem de música clássica psicodelizada

Allegro Non Troppo (Música e Fantasia)
Lançamento: 1977
Direção: Bruno Bozzetto
Roteiro: Bruno Bozzetto
Elenco principal: Maurizio Micheli, Maurizio Nichetti, Néstor Garay, Maurialuisa Giovannini

ilustrar a música, dar corpo e cor às notas, é uma inspiração que cada desenhista traz no fundo de sua alma desde os tempos mais distantes. Neste filem, finalmente conseguimos realizar esta união. Desenho animado e música clássica: uma dupla destinada a remanescer na história do cinema!

Uma orquestra maluca, com musicistas que são todas velhas senhoras desobedientes e um maestro tirano, se propõe a unir a música clássica e a animação. Assim, com um desenhista louco que briga com o maestro o tempo todo acompanhando as músicas, várias peças são executadas e cada uma ganha uma historinha animada que entre no ritmo, sempre com um caráter cômico e imagens bem caricaturizadas.

Unindo elementos da cultura pop como garrafas de coca cola com monstrinhos cômicos e surrealistas, as sketchs de Allegro Non Troppo” (“Música e Fantasia”) se estruturam em torno da música, portanto, o andar dos personagens, o jeito como aparecem, suas ações e o cenário em volta, seguem o ritmo e o tom das músicas.

No caso do “Bolero de Ravel” por exemplo, uma música que vai ficando cada vez mais forte com a entrada de um instrumento por vez, meio que cada instrumento introduz um novo monstrinho bizarro que se une aos que já estão em cena, até que em certa altura do clipe, as imagens são duma longa caravana composta por seres bizarros de todas as cores e tamanhos caminhando no ritmo do compasso.

Outro bom exemplo é a cena que acompanha o “Concerto em D maior” de Vivaldi. A música bastante alegre, mostra a tela com cores muito vivas, onde aparece uma abelha se preparando para almoçar uma flor. Contudo, em momentos de tensão do concerto, as cores escurecem e a abelhinha aparece bem desesperada.

Ainda com uma história se desenvolvendo entre um clipe e outro, onde o maestro briga com as musicistas e o desenhista se apaixona por uma assistente de palco, o filme de fato cumpre o papel o qual se propõe cumprir, e mescla mais do que bem a animação e a música clássica.

Segue em link o trailer e a trilha sonora:

trailer:

Filme Completo:

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *