5 Pérolas Musicais escolhidas a dedo por Cint Murphy, do In Venus

5 Pérolas Musicais escolhidas a dedo por Cint Murphy, do In Venus

30 de junho de 2017 0 Por João Pedro Ramos

Todo mundo tem seus gostos, preferências e, é claro, seus garimpos no mundo da música. Com certeza tem alguma banda ou artista que só você conhece e faz de tudo para espalhar o som entre seus amigos e conhecidos. “Todo mundo precisa conhecer isso, é genial!” Se você é aficionado por música, provavelmente tem uma pequena coleção pessoal de singles e discos que não fizeram sucesso e a mídia não descobriu (ou ainda vai descobrir, quem sabe) que gostaria que todo o planeta estivesse cantando.

Pois bem: já que temos tantos amantes da música querendo recomendar, o Crush em Hi-Fi resolveu abrir esse espaço. Na coluna “5 Pérolas Musicais”, artistas, músicos, blogueiros, jornalistas, DJs, VJs e todos que têm um coração batendo no ritmo da música recomendarão 5 músicas que todo o planeta PRECISA conhecer. Hoje, a convidada é Cint Murphy, vocalista da banda In Venus, que lançou recentemente seu disco “Ruína” e se apresenta na segunda edição da festa Contramão Gig no dia 12 de julho (quarta)!

Peeling“Leisure Life”
“O Peeling é uma banda de Toronto que surgiu a partir de uma outra banda muito foda, o Mexican Slang. É uma das bandas que mais tem tudo que a mamacita gosta: muito fuzz e efeitinho de voz”.

SNEAKS“X.T.Y.”
Quando eu ouvi SNEAKS a primeira vez eu fiquei chocada e a única coisa que ecoava na minha cabeça era ”WTF VÉI! QUE BUCETA É ISSO?”. As músicas criadas pela Eva Moolchan são de uma simplicidade absurda, rápidas, objetivas e que as vezes parecem slogan. A levada me lembrou muito Le Tigre.

Keluar“Surface”
Keluar é a banda “mais recente” da Alison Lewis, ex vocalista da Linea Aspera. O mais recente está entre aspas por que não sei se a banda continua em atividade. O ultimo material que eles lançaram foi em 2015 e o ultimo post no caralivro foi em maio de 2016. Tomara que eles não tenham parada e COME TO BRAZIL, VÉI.

Christian Death“Romeo’s Distress”

MELHOR MÚSICA TRISTE PRA DANÇAR COM A PAREDE NA BALADA PARTE 1. Deathrock é vida né galera? Segundo os Americanos que sempre são competitivos como tal, o Christian Death é a resposta dos USA ao movimento gótico europeu que tinha despontado bandas como Siouxsie and the Banshees e Bauhaus.
Alguns fatos muito curiosos sobre a banda: †† Rozz Williams, o cara que criou o Christian Death era um cara bem loucão, foi responsável pela estética musical, pelo visu de todo mundo e pela temática anti religiosa da banda. Ele praticamente criou estereótipo do que é considerado um gótico ~tradicional~ hoje em dia. †† Outro fato interessante é que o nome de Rozz não era Rozz, era Roger Alan Painter. O nome Rozz Williams foi tirado de uma lápide. †† Em 81, Rikk Agnew (ele mesmo, do Social Distortion) entrou pro Christian Death e ele e Rozz criaram aquele que na minha opinião é o melhor album da carreira da banda, “Only Theatre of Pain”. Logo depois eles acabaram com a banda. †† em 85, Rozz se juntou à Valor Kand e Gitane Demone e decidem voltar com o Christian Death e começa uma série de tretas, dentre elas a separação da banda, o retorno com de duas bandas com o mesmo nome, sendo que uma delas, a que Valor deu continuidade, tava numa pegada death metal. Em 1998 Rozz se suicidou por que cansou dessa palha assada. Pra mim, tirando a morte do Rozz e o fato do Valor ser um cuzão, o resto não importa, o importante é que a banda é foda, e essa música é uma obra prima!

Malaria!“Geld/Money”
MELHOR MÚSICA TRISTE PRA DANÇAR COM A PAREDE NA BALADA PARTE 2. Malária é uma banda de post-punk formada em 81, em Berlim, só com minas na formação ❤. O vocal da Bettina Köster é inconfundível, raivoso e profundo, que entra na vibe dos synths e te arrepia. Não precisa dizer muita coisa depois disso né? São referência e me influenciam totalmente.