5 Pérolas Musicais escolhidas a dedo pelo DJ Alexandre Bezzi

5 Pérolas Musicais escolhidas a dedo pelo DJ Alexandre Bezzi

10 de março de 2017 0 Por João Pedro Ramos

Todo mundo tem seus gostos, preferências e, é claro, seus garimpos no mundo da música. Com certeza tem alguma banda ou artista que só você conhece e faz de tudo para espalhar o som entre seus amigos e conhecidos. “Todo mundo precisa conhecer isso, é genial!” Se você é aficionado por música, provavelmente tem uma pequena coleção pessoal de singles e discos que não fizeram sucesso e a mídia não descobriu (ou ainda vai descobrir, quem sabe) que gostaria que todo o planeta estivesse cantando.

Pois bem: já que temos tantos amantes da música querendo recomendar, o Crush em Hi-Fi resolveu abrir esse espaço. Na coluna “5 Pérolas Musicais”, artistas, músicos, blogueiros, jornalistas, DJs, VJs e todos que têm um coração batendo no ritmo da música recomendarão 5 músicas que todo o planeta PRECISA conhecer. Hoje, o convidado é Alexandre Bezzi (ou só Bezzi), DJ há 17 anos. “Atuo como editor de conteúdo, programador musical. Ando mais um sujeito diurno nos últimos tempos mas nunca diminuí meu amor por música e cultura pop útil/inútil. Atualmente sou redator do site Freak Market, cuido do music branding da empresa Shasta Music e sou residente das festas Benzetacil e Winona“.

Herb Alpert“This Guy’s in Love With You”

“Essa música é um espetáculo auditivo. Foi escrita por Burt Bacharach e Hal David e foi sucesso no final dos anos 60. Tem climão, bela orquestra de metais e foi trazida de volta na trilha do igualmente belo ‘Procura-se um Amigo para o Fim do Mundo’“.

Tears for Fears“Head Over Heels”

“Tenho certeza que essa é uma das músicas mais importantes da minha vida. Ela sempre toca na rádio em algum dia ou época que ocorrem mudanças significativas na minha vida. Tipo bruxaria. A harmonia vocal da dupla Roland Orzabal e Curt Smith é única e espero vê-los ao vivo…mesmo sendo contra algumas reuniões de banda e turnês caça-níqueis”.

Simple Minds“Love Song”

“Por anos os escoceses do Simple Minds foram, injustamente, chamados de U2 do segundo escalão. Isso porque seus hits pós 85 tinham uns breves ecos da banda irlandesa. Mas não se enganem. Esses caras tiveram trabalhos anteriores altamente recomendáveis e até cabeçudos e sofisticados para a época. “Love Song” traz a banda em forma com um baixão pulsante”.

Anoraak“Behind Your Shades”

Anoraak vem da França e desde 2008 é um dos meus produtores favoritos. Não há nenhum trabalho dele, ainda, que eu desgoste. As composições são retrô futuristas com um leve ar melancólico que me atraiu desde o início. A música escolhida abre o álbum “Chronotopic” de 2014 e poderia ser trilha de alguma comédia dramática ou aventura adolescente. Eu amo”.

Bad Brains“I Against I”

“Se você diz gostar de punk/hardcore e nunca se interessou pelos Bad Brains, me perdoe, mas você não merece respirar. ‘I Against I’ foi o momento em que me aprofundei na banda que fazia parte da geração que tinham monstros como Black Flag, Minor Threat, SSD, Fear, Circle Jerks e outros poderosos do hardcore americano. Essa música tem um forte refrão: ‘Almighty is watching, I against I… Against I’. Acho que na vida nosso pior inimigo somos nós mesmos”.