Pouco mais de um mês após o fim da Cachorro Grande, o ex-vocalista Beto Bruno lança seu primeiro disco solo “Depois do Fim”

Pouco mais de um mês após o fim da Cachorro Grande, o ex-vocalista Beto Bruno lança seu primeiro disco solo “Depois do Fim”

26 de agosto de 2019 0 Por Vinicius Kdalm

Capa do álbum “Depois do Fim”.

Após um fim de 20 anos de estrada com bastidores conturbados e após a turnê de despedida da banda Cachorro Grande, o vocalista Beto Bruno lançou nessa sexta-feira (23) seu primeiro disco solo. O disco lançado se chama “Depois do Fim” – nome que não necessita de explicações – e foi produzido pelo músico Esteban Tavares, que além de produzir, também fez parte da banda que gravou o álbum.

A banda do novo disco tem em sua formação Eduardo Schuler (bateria), Henrique Cabreira (guitarra), Esteban Tavares (guitarra e baixo), Gustavo X (guitarra), Pedro Pelotas (teclado e piano) e Sebastião Reis (violão).

O disco possui músicas bem variadas, com dez faixas que podemos ainda ver características que fariam com que algumas das músicas fossem bem a cara do que víamos na Cachorro Grande em álbuns consagrados como “Pista Livre” e “Costa do Marfim”.

A primeira e última música (“A Ruptura da Linearidade do Tempo…” e “…Ou Provavelmente Estarei Dormindo”)  do disco servem como uma introdução e conclusão da obra, sendo as duas de pequena duração e tendo como objetivo trazer a ideia de recomeço após o fim do disco, voltando para o mesmo instrumental da primeira música.

“Por Isso Meu Samba É Diferente” é a segunda música do álbum e trouxe em sua composição o típico rock clássico que a banda Cachorro Grande possuía, sendo uma música que se encaixaria claramente no álbum “Baixo Augusta” (2011) com fortes guitarras e uma letra bem agitada.

A terceira música já traz um teor mais psicodélico, a “Porque Eu Te Amo Muito e Há Tanto Tempo” parece mesclar o rock psicodélico com a música indie. A música já tinha sido lançada como single em junho.

A faixa homônima “Depois do Fim” conta com participação do duo Dois Reis é uma balada com um toque folk que ao mesmo tempo nos remete as produções acústicas da banda Rolling Stones, forte influência de Beto Bruno.

Já a canção “Marlon Brando, Beatles e Pelé” é em disparada a mais psicodélica do álbum, sendo grande parte dela instrumental, tendo só nos últimos segundos o título do álbum cantando por Beto Bruno, faixa sem muita relevância no disco.

A sexta faixa do disco é o som pesado “Não É Todo Mundo Que Tá de Boa Contigo” que nos traz de volta um rock potente, com riffs bem desenvolvidos e bastante guitarra, além da letra parecer bastante uma alfinetada do vocalista Beto Bruno a seu ex-companheiro de banda, Marcelo Gross – ex-guitarrista da Cachorro Grande -, com qual se desentendeu no período final da banda.

“Porco Garrafa” parece misturar rock psicodélico com música eletrônica, é uma das músicas mais experimentais e interessante do disco, com samples no meio da música.

Na oitava música do disco, o disco volta a um som mais calmo com a balada “A Mais Linda do Verão” que tem traços próximos ao folk e ao rock rural brasileiro. A música mais calma do disco.

Na penúltima música do álbum, mais uma música que se encaixaria perfeitamente em algum disco da Cachorro Grande, “Digby, O Maior Cão do Mundo!” traz guitarras fortes com uma guitarra-solo e um teclado com uma sonoridade bem definida, mas que destoa ao ter como sequência a música “…Ou Provavelmente Estarei Dormindo” que termina o disco com o mesmo riff da música inicial.

Para quem curtia os lançamentos da Cachorro Grande, esse disco é um álbum diferente, mas que agrada e nos apresenta um outro lado do vocalista Beto Bruno, que lança-se em um som mais próximo do folk sem deixar de nos trazer características de sua maior influência, os Rolling Stones. Aos que gostavam da Cachorro Grande e gostam de álbuns como “Exile On Main Street” dos Rolling Stones, o disco “Depois do Fim” é o disco perfeito.

O disco terá seu show de lançamento no dia 29 (quinta-feira) no Z – Largo da Batata com a abertura dos portões às 20h e o show às 22h com ingressos a 25 reais antecipado e 35 reais na hora.

Open in Spotify