Pablo, “Porque Homem Não Chora” e outras sofrências

20141121173752149202u

No final de 2014, entrou em ação a famosa ~sofrência~ criada por Pablo do Arrocha com seu sucesso “Porque Homem Não Chora”. Depois de seu lançamento, surgiram diversos vídeos sobre o potencial que a canção citada tem em fazer qualquer um desabar em lágrimas acompanhando a voz do romântico Pablo pedindo para que sua companheira não implore, porque, afinal, homem não chora (CHORA SIM, SEU COVARDE!).

A dor de cotovelo, agora convertida em “sofrência”, faz com que qualquer um que se arrisque a ouvir a canção de Pablo não se aguente e chore, seja ele adulto, criança, cachorro ou até papagaio. Sim, o cantor de arrocha fez muitos deixarem as lágrimas rolarem, mas ele não é o primeiro. Vamos a alguns outros que também podem ser considerados hits da “sofrência”


 

Sofrência 1. Amado BatistaO Fruto do Nosso Amor

Esta aqui é um verdadeiro hino da sofrência. A história fala de um casal que é feliz e cheio de amor. A moça engravida, e Amado fica contente e ainda mais apaixonado. Porém, o destino é cruel, e pela vidraça da sala de cirurgia, ele assiste impotente enquanto sua amada esposa morre sem poder se despedir, sem ao menos deixar para ele o fruto de seu amor. É de cortar os pulsos. 🙁


 

Sofrência 2. Barros de AlencarPrometemos Não Chorar

“Prometemos Não Chorar” já começa com uma moça se esvaindo em lágrimas e soluçando loucamente. Afinal, Barros de Alencar a chamou para tomar um café e terminar o relacionamento. Porém, Barros é um cuzão de marca maior, e deixa tudo ainda mais doloroso para a garota, relembrando como eles se conheceram e falando pérolas como “cuidado, o garçom está vindo aí, os outros estão olhando” e “o seu café está esfriando”. Baita filho da puta.


 

Sofrência 3. Legião UrbanaVento No Litoral

Ah, a depressão. Não sei se Renato Russo tinha parado de ouvir Smiths e ido pro The Cure ou o que quer que tenha sido que o levou a escrever esta pérola da deprê. Já falaram que esta música é sobre um ex-namorado do cantor, que havia falecido, mas também existem diversas versões pra quem inspirou essa dor de cotovelo toda. Ah, e também tentam explicar o que diabos os cavalos marinhos fazem ali no final da letra.


 

Sofrência 4. Johnny CashHurt

A canção do Nine Inch Nails virou propriedade do homem de preto assim que ele a gravou, em 2002. “O que eu me tornei, meu querido amigo? Todos que conheço vão embora no final…” Se você levar em consideração que Cash gravou esta lá pro fim de sua vida, já debilitado (mas mantendo o incrível vozeirão) e ainda assistir o clipe, gravado depois da morte de sua amada June Carter e fazendo uma retrospectiva da vida do cantor… vai ser difícil segurar as lágrimas. Ô sofrência!


 

Sofrência 5 – R.E.M.Everybody Hurts

Esta aqui é difícil de ouvir sem chorar como um bebê. Eu mal consigo ouvir a introdução, inclusive (taí a dica, Pablo, dá uma ouvida!). Gravada em Automatic for the People, de 1992, a música te oferece um ombro amigo, dizendo que todo mundo sofre às vezes, todo mundo chora… Totalmente contradizendo Pablo. Homem chora sim, seu covarde. Todo mundo chora.


0 thoughts on “Pablo, “Porque Homem Não Chora” e outras sofrências”

  1. Interessante notar que uma das músicas mais conhecidas do Cure se chama Boys Don’t Cry. A diferença é que se você estiver na fossa, essa música pode te animar um pouco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *