Luedji Luna e Zé Manoel fazem noite histórica na Casa Natura Musical

Luedji Luna e Zé Manoel fazem noite histórica na Casa Natura Musical

27 de agosto de 2018 0 Por Hanilton Medeiros

A noite do último sábado foi marcado pelo encontro musical da cantora Luedji Luna com o jovem pianista e cantor Zé Manoel na Casa Natura Musical, espaço que recentemente completou um ano de existência e que já provou que sua programação/curadoria é de bom gosto e sempre atenta as novidades no cenário musical.

A abertura do show ficou a cargo de Zé Manoel, considerado umas das grandes revelações da música pernambucana da atualidade, conseguindo aliar música independente e tradicional, com muita ousadia em suas interpretações. Destaque para os arranjos de violoncelo executados com maestria pelo músico Filipe Massumi. Fábio Sá (baixo) e Sérgio Reze (bateria) completaram a banda. A apresentou iniciou com um certo ar intimista, porém ao decorrer das canções a plateia foi sendo conquistada pela qualidade musical do trabalho apresentado.

O repertório do show foi criado com o melhor de cada um dos seus três álbuns lançados, com destaque para seu mais recente trabalho, o álbum Delírio de um Romance a Céu Aberto”, lançado em 2016 pelo selo Joia Moderna e que garantiu o prêmio de Melhor Álbum Projeto Especial no 28º Premio da Música Brasileira.

Em seguida foi a vez de Luedji Luna se apresentar, acompanhada por uma banda multicultural, formada pelo cubano Aniel Smmelian (baixo acústico e elétrico), o sueco Sebastian Notini (percussão), o congolês François Muleka (violão), o queniano Kato Change (guitarra) e os brasileiros Ana Goes (saxofone), Estefanie de Souza (trompete) e Rudson Daniel (percussão).

Com um repertório baseado em seu primeiro trabalho, o elogiado Um Corpo no Mundo”, a cantora levou ao palco o encontro das diásporas africanas pelo mundo, celebrando as diversas identidades. Entre os destaques, as canções “Banho de Folhas” e “Um corpo no mundo”, cujos clipes já circulam com milhares de visualizações nas redes sociais. Ainda fomos presenteados por duas participações especiais: a primeira foi de Zé Manoel, embalada por elogios de ambas as partes, e nos bis tivemos a presença de Thiago França, saxofonista da banda Metá Metá e responsável pelo bloco A Espetacular Charanga do França.