“Cowboy Bebop” (1998): um anime futurista e cheio de jazz

Cowboy Bebop
Cowboy Bebop

Sinestesia, por Guilherme Gagliardi

Cowboy Bebop
Lançamento: 1998
Direção: Shinichiro Watanabe
Elenco Principal: Steven Blum, Beau Billingslea e Koichi Yamadera


“Cowboy Bebop” se passa em 2068, um futuro muito loko com portais intergalácticos que permitem viagens em minutos e numa estilera Blade Runner, cheio de jazz e meio blazè gostosão, Spike, um caçador de recompensas, vive junto do amigo/sócio no que parece uma espécie de trailer espacial. Com um cigarro na boca e um cabelo muito style, o personagem anda sempre atormentado pelo seu passado, que vai se revelando de modo meio misterioso a cada encontro que acontece, seja com quem vai ficar pro resto da história, seja com quem aparece só em flashbacks… (Meio clichê, mas da hora pacarai!)

Perfeito pra quem tá a fim de assistir uma coisa de boa e que não exija muito da cabeça, o anime de 98, apesar de se apropriar duma série de elementos e soluções de roteiro bastante mainstream, é com certeza uma delícia, e se não impressiona pela originalidade da estrutura, a trilha deixa qualquer um que assista boquiaberto.

O adjetivo escolhido pra caracterizar o cowboy no título da série é o que leva os fãs do beat Thelonious Monk a clicar no play. Com um jazz bebop fantástico, às vezes intercalado com algum delta blues, a série japonesa ataca com aquele climinha smooth que dá sempre uma ótima sensação.

Devo dizer, contudo, que a minha música favorita da trilha é uma valsinha no melhor estilo valsa-jazz, tipo “Waltz for Debbie” do Bill Evans: “Waltz for Zizi”, música que toca várias vezes ao longo da série, acompanhando as cenas de reflexões nostálgicas e lhes empresta um lindo caráter felizinho good vibes.

Além disso, a música também está presente no título dos episódios, muitas vezes referentes à icônicas faixas do jazz, do blues e do rock, como no episódio “Honky Tonk Women”, que leva o nome do som dos Stones.

Foi feita em 2014 pelo Adult Swim uma série chamada Space Dandy, uma referência/plágio/homenagem ao anime noventista, porém sem a trilha jazz bebop que enfeita a série do Cowboy.

Em cima: Bebop; embaixo: Dandy.

Segue em link o primeiro episódio legendado e a trilha sonora completa.

Ep.1: http://mais.uol.com.br/view/tyccl3p7nhf5/cowboy-bebop-01-04024C99376AE0A14326?types=A&

Trilha completa:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *