Construindo FLIP: conheça as 20 músicas que mais influenciaram seu som

Construindo FLIP: conheça as 20 músicas que mais influenciaram seu som

5 de março de 2020 0 Por João Pedro Ramos

Quando uma banda se forma, as influências de cada um dos integrantes são inúmeras e variadíssimas. Essa mistura de músicas, artistas, discos e sons entra em um imenso caldeirão musical e traz algo totalmente novo e cheio de identidade. É nessa construção de identidade que a coluna Construindo vai focar: aqui, traremos 20 músicas que foram essenciais para que uma banda ou artista criasse seu som, falando um pouquinho sobre elas. Hoje temos Felipe FLIP contando quais músicas influenciam sua obra.

A infância de FLIP talvez ajude a explicar o gosto de mesclar ritmos e experimentar novos elementos. Filho de uma enfermeira brasileira e um jornalista nigeriano, FLIP conta que seu pai é fã e frequentou os ensaios abertos de Fela Kuti e sua mãe ouvia muita MPB, com cantores como Milton Nascimento, Caetano Veloso e Djavan. No primeiro contato, FLIP confessa que torceu o nariz: “Naquela época eu achava que não gostava dessas músicas, só queria saber de hardcore e gangsta rap, por conta dos vídeos de skate”. Hoje a música brasileira predomina suas playlists.

Conheça e ouça os 20 sons escolhidos por ele:

Milton Nascimento“Travessia”

Uma das primeiras lembranças musicais de quando era criança. Dona Elza, minha mãe, tinha o disco.

Chico Buarque“Construção”

Uma das músicas que me fez me apaixonar pela “matemática” de construir uma letra de música.

Belchior“Sujeito de Sorte”

Por influência da minha coroa, aprendi a gostar e tentar entender o bigode, mas nunca entendi e até hoje eu sou muito fã.

SNJ“Se Tu Lutas Tu Conquistas”

Me emocionei muito ao ouvir esse som numa parte da 411vm (vídeo de skate) que apresentava o skatista Adelmo Jr em câmera lenta. Nem acredito que hoje sou amigo e trabalho no mesmo cenário desses monstros. Conexões que o skate me trouxe.

Rappin’ Hood“É Tudo No Meu Nome”
Lembro desse som no vídeo de skate na parte do Rodrigo TX. Isso me inspirou demais na época. Fiquei maluco com esse maluco.

Skepta“Coming Soon”

Esse som eu conheci no camarim de um show do Tropkillaz pelo Rogério, produtor deles. Colocou esse som, eu achei diferente e anotei o nome. Depois vi que a letra é muito cabulosa e serviu de inspiração numa fase que eu estava quebrado de grana e de trampo na música. Serviu de mantra pra eu ter paciência.

Caetano Veloso e Gilberto Gil“Haiti”

Da época que lançavam videoclipes no Fantástico, lembro que naquele ano rolou aquela chacina no Carandiru. Me emocionei com esse som que soou como um Rap, muito pesado na minha mente.

Racionais MC’s“Coração Barrabaz”

Além de muito pesada, uma das poesias que mais me influenciou a compor minhas últimas letras.

Dead Fish“Me Ensina”

Essa música me tirou de todas desilusões amorosas da minha vida. Se aparecer outra, é só lembrar dessa letra, ouvir esse som e estarei curado.

Tuyo“Eu Não Te Conheço”

Uma das músicas que mais escuto da banda atualmente, porque gosto de todas e de todos da banda. A Lio é tipo minha mentora espiritual, me ajudou nas vozes, letras, melodias e ideias do meu disco novo, junto com o Gian Luca, produtor/beatmaker da Tuyo.

Fim do Silêncio“Um Novo Dia de Revolta”

Sou suspeito pra falar de uma música da banda que eu já fiz parte. Mas essa composição me inspira muito até hoje. Já me emocionei muito com essa letra, mesmo com todo o peso que o instrumental tem.

Deftones“Knife Party”

Essa música tem me inspirado pro meu próximo disco, uma das mais cabulosas da banda, que eu sou muito fã de verdade. Nem dá pra falar só desse som. Melhor parar por aqui. Parei.

Rage Against the Machine “Darkness”

Minha preferida da banda RATM, que tive a chance de ir no show que fizeram em São Paulo no Festival SWU e foi o melhor show que vi na vida. Até hoje me arrepia lembrar desse dia. Só faltou tocar “Darkness” mas ainda bem que não tocou. Eu ia desmaiar, talvez.

Xis“Tudo Por Você Também”

Eu não conseguia ouvir esse rap na época que meu filho estava pra nascer. Eu chorava só de lembrar da letra.

Jamiroquai“When You Gonna Learn?”

Sou muito inspirado pela banda. Desde bem moleque. Esse som é um mantra que eu repito pra mim mesmo quando estou procrastinando.

Odd Future“Orange Juice”

Essa gang me inspirou demais na época. Eu me via neles, pelo lifestyle e estilo de música. Esse som é um dos meus preferidos da banca. Na época que eu achava daora ter uma banca.

Bad Brains“House of Suffering”

Eu me apaixonei pelo som quando vi uma apresentação ao vivo. O vocal se contorcia pra cantar; tipo doidinho mesmo. Achei muito doido. Também curti muito a versão do Sublime, banda que eu sou o maior fã vivo desse planeta.

Sade“I Will Be Your Friend”

Eu acho incrível quando a letra é uma declaração de amizade e não só de amor. Queria tatuar essa letra na pele de todas pessoas que eu amo.

Djavan“Avião”

Música que me confortou em todos os términos de relacionamento da minha life.

Mick Jenkins & badbadnotgood“drowning”

Eu ouvi tanto esse som que eu queria morar no clipe e participar da história que ele conta. Esse estilo de som é que eu quero pra minha carreira. É isso, mas em “brasileiro”.

Ouça: