Confira 20 grandes apresentações no Musikaos, o sensacional programa de Gastão Moreira na TV Cultura

Gastão Moreira no Musikaos

Quando Gastão Moreira saiu da Mtv Brasil, em 1998, levou com ele um pouco do espírito inicial da emissora: o de revelar bandas e artistas brasileiros para o mundo e investir em cultura musical para os espectadores. Pois a TV Cultura sabia desse pensamento de Gastão e daí surgiu um dos melhores programas da década seguinte na TV aberta: o Musikaos. Um programa que foi ao ar entre 1999 e 2002 e juntava bandas independentes, shows ao vivo e música rolando o tempo todo. Ou seja: um prato cheio para o apresentador deitar e rolar, levando bandas e artistas incríveis ao palco, ao vivo, sem cortes e sem anestesia.

Reuni aqui 20 grandes momentos do Musikaos que devem ser assistidos para que você se pergunte “onde será que estão os bons programas musicais hoje em dia?”:

Charlie Brown Jr. e Raimundos

Quando estas eram as duas maiores bandas do país e apareciam em tudo que é programa, é lógico que eles iriam ao Musikaos, onde não precisavam depender de playback nem tocar apenas seus hits mais “digeríveis” como rolava em outras emissoras. Neste Especial de Natal, eles tocam “Rubão”, “Eu Quero Ver O Oco”, “Confisco”“Herbocinética”, “Não Deixe O Mar Te Engolir”, “União”, “Fogo Na Bomba”, “Puteiro em João Pessoa” e “Mulher de Fases”.

Ratos de Porão

Onde mais você veria o grupo de João Gordo e Jão destilando todo seu peso e ódio em plena TV aberta? (Sim, já rolou até no Programa da Angélica e do Gugu, mas isso nos anos 80, quando o nonsense imperava). Aqui, o RxDxPx manda “Beber Até Morrer”, “Agressão/Repressão”, “Crucificados Pelo Sistema”“Caos” e “Colisão”.

Cólera

A clássica banda de punk do hiper gente boa Redson sempre aparecia no Musikaos (até mais do que na Mtv Brasil, que tinha um certo “receio” de bandas punks mais… bem, punks). Aqui, o Cólera manda “Dia e Noite”, “Pela Paz” e “Medo”.

Dead Fish

Os capixabas tocaram no Musikaos antes de chegarem a ter seu momento ~habituées Mtv Brasil~, quando a emissora UHF tentava achar seu “novo CPM22” e apostou muitas fichas na banda com os clipes e shows do disco “Zero e Um”. Aqui, vemos a banda mandando ver com a clássicas “Noite”, “Sonho Médio” e “Afasia”.

Olho Seco

O programa nunca teve medo de investir no punk de raiz brasileiro (e Gastão tinha muito interesse pelo assunto, tanto que depois dirigiu o documentário “Botinada – A Origem do Punk no Brasil”) e o Olho Seco não aparecia na TV há 20 anos quando topou ir ao Musikaos. “Botas, Fuzis, Capacetes”, “Muito Obrigado” e “Todos Hipnotizados”.

Holly Tree

O Holly Tree chegou perto de estourar. O clipe de “Hey, Stop It” passava relativamente bastante na Mtv e é claro que eles foram ao Musikaos. Calcados no punk rock californiano e no Green Day pré-“Dookie”, eles tocaram “Intoxicated”, “City Paranoia” e “Living In The City”.

Marky Ramone and The Intruders

Marky Ramone já entrou na lista de artistas que estão sempre pelo Brasil, e é claro que, já que estava por aqui, ia passar no Musikaos. O único Ramone vivo apresentou seu projeto Marky Ramone and The Intruders com as músicas “I Want My Beer”, “3 Cheers For You”, “One Way Ride” e “Anxiety”.

UK Subs

Como Gastão fala no começo deste vídeo: UK Subs, só mesmo no Musikaos. O grupo inglês formado em 1976 foi um dos primeiros clássicos do punk inglês e mandou músicas incríveis como “Emotional Blackmail”“Warhead”, “Swat 96”“New York State Police”.

Buzzcocks

Por falar em bandas punk clássicas, o programa do Gastão recebeu os insuperáveis Buzzcocks, uma banda que deveria ser tão aclamada quanto os Ramones (se o mundo fosse justo). Esta apresentação prova isso: eles mandam os clássicos “Boredom”, “I Don’t Mind”, “You Know, You Can’t Help It”, “Orgasm Addict” e “Ever Fallen In Love (With Someone You Shouldn’t)

Pin Ups

O clássico grupo do underground brasileiro liderado por Alê Briganti mandou “Lack of Personality”, “It’s Your Turn” e “To All Own Friends”, músicas que marcaram a cena do rock dos final dos anos 80/começo dos 90.

Inkoma

Se o nome não te chamou a atenção, eu explico: o Inkoma é a banda da Pitty antes de ser Pitty, ou melhor, antes de seguir a carreira solo de sucesso e bombar na Mtv. “Salve Salvador” e “Revolução Mental” mostram que o negócio era um pouco mais hardcore do que o que viria a seguir.

Garage Fuzz

Os veteranos do hardcore santista que influenciaram muito da cena underground brasileira mandaram muito bem com “Observant”“Replace”“Embedded Needs”“When All The Things”.

Video Hits

O Video Hits de Diego Medina infelizmente durou pouco, lançando apenas um disco (impecável, na minha opinião). Misturando rock, pop e até um pouco do brega brasileiro (e sem medo de soar brega), o grupo apresentou aqui o single que mais fez sucesso, “(Vo)C”

RZO

O programa não era só de rock (embora o estilo dominasse na maioria das vezes). Um dos grupos de rap que já apareceram por lá foi o RZO, em sua formação clássica. Aqui, “Rap Bate Forte Como Box”.

Cássia Eller

Sim, Cássia Eller! A cantora que ia do Nirvana ao Cartola sem medo foi ao programa já no final de sua vida, quando fazia turnê de seu disco Acústico Mtv. Aqui, as versões de “Malandragem”, “Top Top” (Mutantes), “Quando A Maré Encher” (Nação Zumbi) e “Sgt. Peppers Lonely Hearts Club Band” (Beatles).

Wry

“Jesus Beggar”“77:00”“New Radio Station”: três pauladas do Wry, banda de Sorocaba que fez muito barulho na cena independente e destilava influências de The Jesus and Mary Chain e My Bloody Valentine.

Gangrena Gasosa

Que outro lugar colocaria um ponto de macumba e depois o “saravá metal” do Gangrena Gasosa ao vivo sem medo de ser feliz? Confira o vôo das farofas hardcore em “Centro Do Pica Pau Amarelo”:

Los Hermanos

Os queridinhos Los Hermanos foram ao Musikaos quando ainda contavam com o baixista Patrick Laplan na formação e diziam “oi oi oi” antes de tocar o ska hardcore romântico “Descoberta”, do primeiro disco da banda. Marcelo Camelo ainda não se achava a reencarnação de Vinícius de Moraes:

Comunidade Nin-Jitsu

Os caras do Miami Bass roqueiro do Rio Grande do Sul já tinham seu clipe “Detetive” rolando em alta rotação na Mtv Brasil (especialmente no programa “Teleguiado”, do Cazé) e aqui apresentaram o hit, junto com “Rap do Trago”, uma versão de “Der Komissar”, hit do Falco:

Stephen Malkmus

Não chegou a rolar Pavement no programa de Gastão, mas Stephen Malkmus veio com Stephen Malkmus & The Jicks em 2000 e se apresentou na TV Cultura. Aqui, “Do Not Feed The Oysters”:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *