Beck e sua grande miscelânea musical chamada “Odelay”

No Walkman, por Luis Bortotti

Beck veio ao mundo comercial em 1994 quando estourou com o single “Loser”. Mesmo com seus álbuns apresentando a fuga do comum, ele foi aceito. E seu primeiro hit, classificado como um dos hinos da década de 90. Até que em 1996 chegou às lojas Odelay”, o segundo disco de Beck para um grande selo.

Talvez seu trabalho mais munificente. Um álbum que consegue apurar com o mesmo brilhantismo gêneros como rock, hip hop e folk. O álbum que mostrou ao mundo que o jovem garoto de 1994 era um gênio. O querido camaleão (homenageando David Bowie) dos anos 90.

“Odelay” contou com a produção dos Dust Brothers, responsáveis pela obra Paul’s Boutique” dos Beastie Boys, e a parceria com Beck se mostrou uma miscelânea de criatividade poucas vezes vista no meio musical.

A laureada “Devil’s Haircut” abre o disco com maestria. Riff pesado, batida dançante. Primorosamente seguida do riff combalido de “Hotwax”, que melhor pode ser classificada como uma música dos Beastie Boys após passarem uma semana na fazenda.

beck1

O disco segue com sua perfeição. Ou melhor, majestosas imperfeições, como “Lord Only Knows”. Mas este é o propósito de Beck. Fugir, machucar, abater. A comprovação? “The New Pollution”, um sussurro beatlemaníaco feito para as rádios da madrugada sem sintonizações.

O violão inseguro intercala acordes com as batidas do hip hop. A gaita grita por “Jack-Ass”. O funk fustiga por “Where It’s At”. Isso sem citar “Sissyneck”, “Readymade” e “High 5”, cada uma sonoramente perfeita para as mais diversas horas do dia.

Melodicamente eclético, “Odelay” é mais uma obra-prima moderna. Fresco para os ouvidos atuais, revolucionário para quem pode acompanhar cada acorde em seu exato momento do seu lançamento.

BECK – ODELAY | CURIOSIDADES

Beck “Odelay” venceu dois Grammy Awards, um na categoria “Best Alternative Music Performance” e a faixa “Where It’s At” na categoria “Best Male Rock Vocal Performance”.

– Este álbum está na lista dos 200 álbuns definitivos no Rock and Roll Hall of Fame.

– Em julho de 2008, o disco tinha vendido 2 milhões e 300 mil cópias nos Estados Unidos.

BECK – ODELAY | #TEMQUEOUVIR

“Devil’s Haircut” (1) – “Lord Only Knows” (3) – “The New Pollution” (4) – “Jack-Ass” (7) – “Where It’s At” (8)

 BECK – ODELAY | OUÇA AGORA!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *