A triste história de Richard Benson, o “Pior Guitarrista do Mundo”

A triste história de Richard Benson, o “Pior Guitarrista do Mundo”

8 de outubro de 2019 0 Por Lucas Krokodil

Talvez o maior estereótipo de um guitarrista seja aquela referência de metal farofa, ou hair metal, para os mais conservadores: roupas justas, cabelo longo repicado, bracelete de couro, uma guitarra Flying V ou Jackson e, claro, uma habilidade e técnica absurda para tocar o instrumento.

Michael Angelo Batio é uma boa síntese desse estereótipo, como podemos ver na estileira abaixo:

Mas hoje não vamos falar dos melhores, e sim do “pior”. Vendo o vídeo abaixo, parece que temos um tiozão que decidiu colocar um cosplay e tocar a guitarra do sobrinho, mas esse não é um tiozão qualquer. Este é o lendário pior guitarrista do mundo: Richard Benson.

Para ele se tornar o pior, incrivelmente levou um certo tempo. Nascido em 1955 na Inglaterra, filho de uma italiana e um inglês, Benson se mudou para Itália em 1965 e já tocava na sua adolescência. Em 1971, cantou e tocou guitarra de 12 cordas com sua banda Buon Vecchio Charlie, que lançou um LP homônimo no mesmo ano e em 1972 participou do festival de rock em Roma Villa Pamphili.

Ouça o disco de 1971 na íntegra:

Em 1983 lançou seu disco solo, Animal Zoo”, que incorpora elementos disco:

Em 1987 foi curador do álbum de singles “Metal Attack”, onde co-produziu e cantou a música “Exotic Escape”:

Em 1999, lançou o álbum Madre Torura”, onde combinou elementos de hard rock e progressivo. Além de lançar diversos álbuns ao longo de sua carreira, participou de vídeos de treinamento musical, programas de rádio, programas de auditório como jurado em números musicais e até participou do filme de Carlo Verdoni, “Maledetto il giorno che t’ho incontrato”, de 1992, onde interpretou a si mesmo:

Mas como um artista que atravessou décadas na mídia italiana se tornou o “pior guitarrista do mundo”? Como um músico considerado o “pior guitarrista do mundo” assinou contratos com gravadoras e participou como jurado em programas de TV? Para entendermos o que aconteceu, precisamos voltar ao início de sua trajetória.

Acima temos Richard Benson em um vídeo institucional chamado Guitar Tricks, onde demonstra suas habilidades na década de 80. O vídeo abaixo é de 1999, onde ele toca o adagio em ré, também demostrando capacidade e técnica com o instrumento.

No vídeo abaixo, temos ele tocando a mesma música em 2005, e podemos ver como seu “estilo” deteriorou absurdamente, muitas vezes parando de tocar para limpar sua guitarra, pois estão atirando comida nele.

Benson dos anos 2000 para frente se tornou uma celebridade underground na Itália. Sua fama de péssimo guitarrista fazia com que as pessoas fossem ao seu show só para atirar comida e lixo nele. Colocavam uma grade em frente ao palco como barreira, dado ao alto volume de objetos jogados. Uma vez jogaram até uma galinha morta no Richard.

Mas o que causou tudo isso? A resposta é artrite nas mãos.

Richard foi diagnosticado com essa doença em meados dos anos 2000, e para quem não conhece a doença, além de causar muita dor, ela é autoimune, ou seja, não tem cura. Em 2001 Benson perdeu quase todos os movimentos da perna ao pular de uma ponte, segundo ele para fugir de um assalto, mas se cogita muito a possibilidade de uma tentativa de suicídio mal sucedida. Por isso, em suas aparições de 2000 pra frente, ele sempre está sentado.

Mas a humilhação que sofria não era limitada ao palco: el foi ridicularizado no programa Stile LIbero, onde teve um surto com um dos jurados. Por não falar italiano, realmente não entendi todo o contexto, mas pelo jeito a música “Cucciolo” o incomoda bastante:

Para um guitarrista que perde o movimento das mãos, deixa de andar direito e vira chacota nacional, continuar tocando com todos esses obstáculos só mostra a sua paixão e dedicação pela música. Subir num palco para tocar um show completo sob vaias, xingamentos e uma chuva de comida e “bancar” tudo isso é realmente para poucos.

No começo deste ano, Richard lançou um vídeo fazendo um apelo, pois ele e sua esposa já não tinham mais dinheiro para pagar seu tratamento e ele muito debilitado não tinha mais condição de tocar, além de sofrer de problemas cardíacos e já ter passado por algumas cirurgias.

Sua esposa postou um desabafo nas redes sociais:

‘Queridos amigos, quero desabafar e pedir uma ajuda sincera. Richard, meu amado marido, está doente. Há muito tempo que está se tratando com grande dificuldade, odiando médicos, hospitais e medicamentos, mas deve fazê-lo, mesmo que sejam tratamentos muito caros. O Estado italiano não oferece assistência médica adequada pois ele é um cidadão britânico. Mesmo assim, ele possui força e o desejo de fazer show, de estar com seus fãs, mesmo que estes às vezes sejam um pouco violentos. Ele os ama e graças a eles, a vocês, Richard é capaz de combater tudo e todos e se manter vivo. Um pequeno gesto de sua parte será uma demonstração de sua afeição por mim e por Richard. Vocês são muitos. Até mesmo o valor de um maço de cigarros será levado em consideração à soma de todos vocês, uma quantia que permitirá Richard continuar a receber tratamento e estar entre vós.”.

O último trabalho lançado por ele foi em 2016, chamado “I Nani”.