“A Noite do Espantalho” (1975) – Um road movie rural com Sergio Ricardo + Alceu Valença + Geraldo Azevedo

Sinestesia, por Guilherme Gagliardi

A Noite do Espantalho
Lançamento: 1974
Diretor: Sergio Ricardo
Roteiro: Jean-Claude Bernadet, Maurice Capovila, Nilson Barbosa e Sergio Ricardo
Elenco Principal: Geraldo Azevedo, Rejane Medeiros, Emanuel Cavallcanti e Tereza Melo

Sabe o maluco que quebrou o violão no festival da Record de 67?

Então, acabou que além de músico, o cara é diretor de cinema e arrasa nos filmes que nem com o violão quebrado.

E porra, músicos são amiguinhos! O filme de 75 do Sergio Ricardo (o cara do violão), conta com a participação do Alceu Valença e do Geraldo Azevedo (é meio difícil às vezes saber quem é quem…) que dão pro já psicodélico longa uma cara ainda mais louca que marca a tela com a cara do cinema novo brasileiro.

Girando em torno do conflito entre os trabalhadores rurais e o senhor de terra (senhor feudal? quase…), passando pelas motos dos jagunços contratados a fim de impedir as revoltas camponesas, o filme mostra de modo meio realista e meio que cheio de metáforas e atuações dionisíacas, como se dá a questão da divisão da terra no sertão brasileiro (spoiler: é uma merda). “A Noite do Espantalho” ainda trata de questões românticas explorando alguns dos personagens mais a fundo, mostrando inclusive suas angústias políticas.

 

Dirigido pelo Serginho, o filme conta com músicas de sua autoria compostas exclusivamente pro musical e que se encaixam na história num modelo meio de ópera, musicando as falas dos personagens em sua quase total discursividade e se apropriando muitas vezes do recurso do coro (teatro grego no sertão?) na voz da multidão.

Segue em link o filme completo e a trilha sonora.

Filme:

Trilha:

Assistam, ouçam e curtam!

Valeu falow!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *